sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

 

Prefeito Braide vistoria Unidade Mista do Bequimão

O prefeito Eduardo Braide vistoriou a Unidade Mista do Bequimão na manhã desta sexta-feira (29). A unidade, que integra a rede de atendimento de urgência e emergência do sistema municipal de saúde, passa por reforma para a implantação de novos leitos. A vistoria, que também contou com a presença do titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Joel Nunes, teve o objetivo de verificar o status das obras, as condições do espaço físico de toda a unidade, e a possibilidade de implantação de novos serviços de saúde no local.

“Desde o início da nossa gestão, temos vistoriado as unidades de saúde da rede municipal para verificar que intervenções precisam ser feitas para ampliar e aprimorar o atendimento à população. Hoje viemos à Unidade Mista Bequimão, que teve reforma iniciada no ano passado, para avaliarmos o que já foi feito até agora e que melhorias ainda precisarão ser feitas para que possamos colocar os novos espaços em funcionamento. Também estamos verificando a possibilidade de transformar esta unidade em referência no atendimento à Covid-19. Essa ação faz parte das nossas estratégias para o combate à pandemia, que já conta com a vacinação e outras ações que também poderão ser tomadas, caso haja necessidade”, destacou o prefeito.

A Unidade Mista do Bequimão passa por reforma estrutural para a recuperação do seu espaço físico e a inclusão de 7 novos leitos de internação, totalizando 35, ampliando sua capacidade de atendimento. Além disso, a Prefeitura de São Luís trabalha com a meta de criar 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 10 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

Pela estrutura atual, a unidade conta com atendimentos de urgência, emergência, internação e ambulatorial. Com a conclusão das obras de ampliação, mudanças estruturais e implantação de novos leitos, o objetivo da Semus é fazer com que a unidade faça atendimentos de urgência e emergência e todos os atendimentos ambulatoriais sejam remanejados para Unidades Básicas de Saúde (UBS) da rede municipal.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário