segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

 Com atraso na vacina, Ministério da Saúde investe na compra de caixões para indígenas do Maranhão

Órgão vinculado ao ministério vai comprar urnas funerárias para atender a comunidades indígenas do Maranhão

O Distrito Sanitário Especial Indígena do Maranhão, ligado ao Ministério da Saúde, anunciou a compra de 195 urnas funerárias para atender às comunidades indígenas do estado.

A estimativa é que sejam gastos 351.000 reais com os caixões e com a contratação de roupas e calçados para os enterros e 40.000 quilômetros de traslado rodoviário para carregar corpos.

Segundo os cálculos da Saúde, existem 37.169 indígenas no estado do Maranhão. O estado recebeu 164.000 doses da vacina Coronavac, mas os índios não são o único público prioritário, que inclui pessoal da saúde e idosos.

No edital que anunciou a compra, o governo não informa o número de índios que faleceram em decorrência da Covid-19 no Maranhão no ano passado.

O Edital termina com reticências quando o assunto são os números de mortos: “A média de óbitos infantil e adulto no ano de 2020 (até agosto de 2020) foi de…”, diz o edital.

Por Robson Bonin

Coluna Radar

Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário