sexta-feira, 13 de novembro de 2020

 

Certidão informa que Duarte Jr. fez exame de Covid-19 no Lacen

Uma certidão emitida nesta sexta-feira (13) pelo diretor-geral do Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen), Luiz Fernando Ramos Ferreira, contesta versão do candidato do Republicanos à Prefeitura de São Luís, deputado Duarte Júnior, de que ele não fez nenhum exame para Covid-19 na unidade.

Duarte está afastado da campanha eleitoral desde quarta-feira (11), quando disse haver sentido um desconforto numa caminhada, descobrindo, mais tarde, que estava com o novo coronavírus. No entanto, um laudo de exame que circula nas redes – e que o parlamentar diz ser falso – aponta que ele já teria conhecimento de estar infectado desde o dia 6 de novembro.

Segundo o documento emitido pelo gestor do Lacen – publicado nas redes pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, Glalbert Cutrim (PDT), que foi quem solicitou o dado, via Lei de Acesso à Informação – “em consulta ao Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), do Ministério da Saúde, consta exame para detecção da Covid-19 realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão – LACEN/MA em nome do senho Hildélis Silva Duarte Júnior”.

A certidão não informa o resultado do exame – se positivo, ou negativo. Mesmo assim, joga por terra o principal argumento de defesa de Duarte no caso: o de que não fez qualquer exame para Covid-19 no Lacen.

“Eu não fiz exame no Lacen, não recolhi material genético no Lacen. Isso é mais uma mentira”, disse ele, em vídeo divulgado na tarde de ontem (saiba mais).

Ética

Ao divulgar o documento, Glalbert Cutrim diz que ele comprova que Duarte mentiu e que o laudo que circula nas redes, datado do dia 5 de novembro – com resultado positivo para Covid-19 -, é autêntico.

O pedetista disse que representará o colega no Conselho de Ética da Assembleia, por quebra de decoro.

“Com base na Lei de Acesso à Informação, obtive da Secretaria de Saúde do Estado a confirmação da autenticidade do documento divulgado pela imprensa como laudo do exame para COVID-19 do candidato Duarte Jr. do dia 06 de novembro de 2020. Lamentavelmente, Duarte Junior mentiu ao negar a veracidade do documento, atitude incompatível com a ética de um homem público e indecorosa para um deputado estadual. Como parlamentar, sinto-me compelido a tomar as medidas necessárias e irei representar Duarte Junior junto ao Conselho de Ética da Assembleia Legislativa por quebra de decoro parlamentar”, anunciou Cutrim

Gilberto Leda

Nenhum comentário:

Postar um comentário