segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Deputado Edivaldo Holanda lamenta falecimento do amigo Sálvio Dino em rede social: “Grande homem, político e orador de estilo inconfundível”


Advogado, escritor e ex-deputado estadual Sálvio Dino morreu aos 88 anos
O deputado estadual, Edivaldo Holanda (PTC-MA), lamentou por meio de suas redes sociais o falecimento do amigo Sálvio Dino, pai do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).
Sálvio Dino morreu no início da manhã desta segunda-feira (24) vítima do novo coronavírus (Covid-19).
“Grande homem, político e orador de estilo inconfundível. Tive a honra de fazer política, numa quadra distante da minha vida, com Sálvio Dino. Viajamos juntos e conversamos sobre o episódio triste da perda do seu mandato, cassado injustamente pela ditadura. Homem sábio e de raro conhecimento, já estava na história, mas agora, muito mais se insere dentro dela como partícipe de palpitantes capítulos que serão narrados à posteridade”, escreveu Holanda em uma rede social.
O parlamentar que também é pai do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, falou de ciclos e se solidarizou fraternalmente com o governador Flávio Dino e seus familiares.
“É o ciclo da vida. Uns vão primeiro, outros depois, mas todos trilharemos o caminho da eternidade. Estendo um abraço fraterno e de solidariedade ao governador Flávio Dino. Deus console os corações de filhos e netos. Adeus Sálvio! Ide em paz!”.
Carreira política
Sálvio Dino era advogado e também atuou na política do Maranhão, membro da Academia Maranhense de Letras, foi deputado estadual nos períodos de 1963 a 1968 e de 1975 a 1979. Ele também foi prefeito do município de João Lisboa em 1988 e, em 1996, se elegeu para o segundo mandato na cidade.

Por Daniel Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário