sexta-feira, 31 de julho de 2020

Urgente: Dois suspeitos morrem em confronto com a polícia após operação que apreendeu armas e munições 

Dois suspeitos morreram em confronto com policiais na cidade de Tuntum, a 372 km de São Luís. Ao abordarem uma caminhonete S10, nas proximidades do povoado Belém, os policiais foram surpreendidos com disparos de arma de fogo. 

Houve reação imediata, com os policiais disparando contra o veículo e ferindo os dois suspeitos. Eles foram socorridos imediatamente, mas não resistiram e morreram a dar entrada no hospital.

A abordagem ao veículo ocorreu durante a continuidade da operação policial realizada por equipes da 13° Delegacia Regional de Presidente Dutra, SEIC e CTA, quando foram apreendidas várias armas de fogo de grosso calibre e caixas de miguelitos (utilizados para furar pneus de viaturas durante assaltos a bancos) na zona rural do município de Tuntum.

Ao chegar a Presidente Dutra, os suspeitos foram identificados como João Coutinho dos Santos Filho e Renato Borba de Sousa. Com os dois foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380 e uma  caminhonete Chevrolet, modelo S10.

A operação

Na operação realizada de segunda-feira (27) a quarta-feira (29) os policiais apreenderam armamentos pesados, munições e “miguelitos” que poderiam ser usados em ataque a uma agência bancária na cidade de Formosa da Serra Negra.

As armas estavam escondidas em um povoado Tabocal, no município de Tuntum. Os armamentos foram encontrados depois de três dias de escavações em residências usadas pela quadrilha. As escavações foram feitas por tratores.

Nos da casa, foram encontradas duas espingardas calibre 12 e um fuzil calibre 5.56, além de várias munições cal. 12 e .40 e os miguelitos, os quais seriam usados para evitar a perseguição policial contra os criminosos. Os miguelitos são artefatos tipo pregos, usados para dificultar a passagem de veículos. O dono da casa conseguiu fugir pelo matagal.


As investigações continuarão no sentido de identificar e prender os integrantes da quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário