sábado, 20 de junho de 2020




CPI DA PEDOFILIA DEFINE ESTRATÉGIAS EM REUNIÃO E QUER OUVIR VÍTIMAS EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR.
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da pedofilia instalada na Câmara de Vereadores realizou, nesta quarta-feira (17) reunião com corpo técnico que integrará a força tarefa para dar seguimento ao calendário de atividades.
Participaram da reunião os vereadores Nádia Barbosa (Solidariedade), Manoel do Nascimento (PP) e a Vereadora Marlene Monroe (PTB) com sua equipe de assessores e parte do corpo técnico da CPI. Os vereadores também definiram necessidades e estabeleceram duração de 90 dias para as investigações, podendo haver prorrogação do prazo.
A reunião serviu para definir métodos de trabalho e verificar algumas investigações que já começaram.  Inicialmente foram elaborados encaminhamentos de expedientes aos órgãos ligados a Rede de Proteção da Criança e ao Adolescente. Nesta ocasião também foi feita uma explanação dos procedimentos a serem seguidos e calendário de atividades que estarão no Plano de Trabalho que será apresentado já na próxima semana.  Tudo que tem sido apurado até o momento indica que “Vem chumbo grosso por aí”.
Já existem pessoas que serão ouvidas e muitos órgãos já estão dispostos a colaborar. “Esperamos que com essas ações muitas pessoas que praticam esses crimes saiam da impunidade”, afirmou o Vereador Manoel do Nascimento. Segundo fontes presentes, muitas surpresas aparecerão causando perplexidade aos ribamarenses. "Estamos nos unindo a toda a Rede de Proteção de Crianças e Adolescentes e acreditamos que será um grande trabalho que faremos junto com o Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar e o 13º Batalhão de Policia Militar do Estado”, explicou a presidente da CPI.  Por: Valéria Baldez.
@valbaldez
https://www.instagram.com/p/CBmHMPejAOM/?igshid=12zw9t32r9lcj

Nenhum comentário:

Postar um comentário