sábado, 20 de junho de 2020

Novidades do Assassinato de Diogo Costa: Polícia Civil rebate ataques do deputado Yglésio e diz que atua com imparcialidade e responsabilidade
A Polícia Civil do Maranhão divulgou, na noite dessa sexta-feira (19), uma nota sobre as investigações do homicídio dopublicitário Diogo Adriano Costa Campos, ocorrido na terça-feira (16), afirmando que sempre trabalhou observando os princípios constitucionais e legais de um Estado Democrático de Direito. Durante o processo de investigação do crime, o jovem Ayrton Pestana foi preso preventivamente, mas um laudo do Instituto de Criminalística do Maranhão (ICRIM) comprovou que ele era inocente. Com base no laudo, Ayrton foi colocado em liberdade.

A nota é uma resposta ao deputado estadual Yglésio Moisés, Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Assembleia Legislativa do Maranhão, que fez críticas duras ao trabalho da Polícia Civil e da imprensa.

Leia a íntegra da nota

Nota de esclarecimento a respeito das investigações do caso de Diogo Adriano Costa Campos assassinado na terça-feira (16) em São Luís


A Polícia Civil, instituição permanente e de Estado, responsável pela apuração das infrações penais, além de outras atribuições, vem a público manifestar que sempre trabalhou observando os princípios constitucionais e legais de um Estado Democrático de Direito.

Com informações do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário