domingo, 10 de maio de 2020

Covid-19: Rede pública estadual do Maranhão trata pacientes com hidroxicloroquina em casos de agravamento da doença
Tão ofensivas e perigosas quanto o coronavírus são as fake news. Sobre o tratamento da hidroxicloroquina no Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) voltou a rebater notícias falsas.

O Maranhão adota a hidroxicloroquina em pacientes nos hospitais da rede estadual com diagnóstico de Covid-19 confirmado. A ministração de 400mg da medicação segue o protocolo do Ministério da Saúde (MS).

O Comitê Científico de Prevenção e Combate ao Coronavírus no Maranhão, criado para auxiliar o Governo do Estado na tomada de decisões sobre as ações de enfrentamento à Covid-19, publicou, ainda, um protocolo que trata sobre o uso da cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes hospitalizados por complicações relacionadas à infecção.

O medicamento está sendo usado em pacientes da rede pública de saúde que apresentam complicações por conta do agravamento da doença, de acordo com a avaliação individual do caso. O documento foi elaborado por uma equipe de infectologistas, coordenada pela médica Conceição Pedroso.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o protocolo para tratamento dos pacientes de Covid-19 utilizado no Hospital Dr. Carlos Macieira é o modelo norteador do atendimento nas unidades da rede estadual e está disponível no site da Secretaria, no ícone Protocolos de Atendimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário