quarta-feira, 20 de maio de 2020

Três homens são presos com R$ 26 mil e 238 cartões ao realizarem saques do benefício emergencial em São Luís

Na manhã desta quarta-feira (20), a Polícia Militar prendeu três homens que estavam na Caixa Econômica Federal da Praça João Lisboa, no Centro de São Luís.

Segundo a polícia, os suspeitos, naturais de Cedral, no Maranhão, alegam que estavam realizando saques do auxílio emergencial para outras pessoas do município.

Os três homens estavam em posse de mais de 230 cartões de beneficiários da Caixa, R$ 24 mil em espécie, uma lista com senhas de cartões, um celular, extrato de saques, vários documentos e outros pertences pessoais e uma chave de veículo.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Denis Costa, no momento da prisão os homens não souberam responder a origem dos cartões e do dinheiro.

Após serem presos, os suspeitos foram apresentados na sede da Polícia Federal, na Cohama, para o cumprimento das formalidades legais.
Prática usada por comerciantes agiotas

Essa prática é típica de comerciantes que praticam agiotagem, principalmente no interior do estado. Geralmente, fazem a retenção de cartões do Bolsa Família de clientes que compram ‘fiado’ ou pegam dinheiro a juros altos. A condição colocada por eles é a retenção do cartão. Dificilmente famílias pobres conseguem o cartão de volta e ficam reféns desses comerciantes.


Essa prática pode ser comprovada em diversas operações deflagradas pela polícia para prender agiotas no interior do estado

Com informações do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário