terça-feira, 7 de abril de 2020

Funcionário do Socorrão é um dos oito mortos por Covid-19 no Maranhão; família divulga nota contra campanha de arrecadação de dinheiro
O funcionário do hospital municipal Djalma Marques, o Socorrão 1, Sidney Jorge Santos de Jesus, de 51 anos, é um dos oito mortos por Covid-19 no Maranhão.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Carlos Macieira, no Calhau, e morreu na madrugada desta terça-feira (07).

Sidney morava na Unidade 105 da Cidade Operária, e trabalhava como regulador de leitos. 

O corpo de Sidney já foi sepultado no Cemitério do Gavião, sem a realização de velório, como tem ocorrido em todos os casos de mortes por Covid-19.

A família informa que não lançou nenhuma campanha para arrecadação de dinheiro e que toda a despesa foi bancada com recursos próprios.

Confira a íntegra da nota de esclarecimento:

Em nome da família de Sidney Jorge Santos de Jesus, 51 anos, que veio a óbito nessa madrugada, vítima do Covid-19 informamos a quem possa interessar que Sidney já foi sepultado no Cemitério do Gavião durante essa manhã.

Toda a despesa organizada pelos seus familiares: mãe, esposa, filhos e irmãos!  Informamos que estão usando de má fé e solicitando um depósito em uma conta bancária, com titularidade de Rodrigo de Queiroz Oliveira, Agência 0020-5, Conta Corrente 55776-5.

Estão usando o nome de Sidney! Por favor, não depositam nada! E nesse momento de dor, pedimos respeito nesse momento tão delicado.   

São Luís, 07 de abril de 2020.                                                               
Atenciosamente,                                                
A Família de Sidney.

Nenhum comentário:

Postar um comentário