quinta-feira, 16 de abril de 2020

Filho morre de coronavírus 17 dias após perder o pai para doença
O garçom Alexandre Moreira Mariano, de 45 anos, morreu na última segunda-feira (13) vítima do novo coronavírus. O morador da Rocinha, na Zona Sul da capital fluminense, havia perdido seu pai, o aposentado Antônio Edson Mesquita Mariano, de 67 anos, para a mesma doença há 17 dias.

Além deles, a viúva do aposentado, Maria Lúcia Moreira Mariano, de 63 anos, também foi infectada pela Covid-19 e está internada desde o último dia 31 de março, conforme apuração do jornal Extra.

O garçom estava hospitalizado há duas semanas na região central da capital fluminense. Na unidade ele foi sedado e precisou de um respirador. Parentes já tinham confirmado o contágio da doença.

Nas redes sociais, parentes e amigos lamentaram a morte de Alexandre. “Perder o tio e o sobrinho em 15 dias, que tristeza”, escreveu uma amiga da família.

“O inimigo invisível está mais perto do que se pode pensar”, escreveu outra.


Até o momento, segundo a Secretaria Municipal de Saúde são três mortes pelo novo coronavírus na comunidade da Rocinha.

Com informações do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário