quinta-feira, 9 de abril de 2020

Governador Flávio Dino anuncia novas medidas para conter o avanço do Covid-19 e diz que o Maranhão registra 13 mortes pelos vírus


Em entrevista coletiva virtual, na manhã desta quinta-feira (09), o governador Flávio Dino informou que o Maranhão chegou a 13 mortes por Covid-19, com o registro de mais 19 casos nas últimas, totalizando 292 infectados pelos vírus. Até a noite de ontem, 50 pessoas ficaram curadas.

Dino disse que, apesar do crescimento dos casos, as medidas preventivas estão valendo a pena. Sem isso, o quadro poderia ser pior, como tem sido registrado em outras regiões do país.

Sobre a polêmica política em torno do uso da cloroquina no tratamento da Covid-19, o governador disse que há um falso debate em torno disso, e que o governo não estimula a automedicação, pois o uso depende de decisão médica e não de político.

“Há um falso debate sobre cloroquina. Não é um debate político, é uma questão técnica. Não se pode é estimular a automedicação. No Maranhão, a cloroquina integra o tratamento que é feito aos pacientes hospitalizados, sempre a critério dos profissionais de saúde”, disse.

O governador voltou a enfatizar a importância da manutenção do distanciamento social, principalmente nas agências bancárias, que passarão a ter normas definidas pelo governo do estado, em decreto a ser editado no próximo sábado (11). A decisão foi tomada após a determinação do ministro Alexandre de Moraes que deu poderes aos estados para decidir sobre normas para evitar o avanço da Covid-19, e pelo fato de o Banco Central não ter se manifestado sobre pleitos feitos pelo Maranhão para que se evitasse a aglomeração de pessoa em agências.

Pelas normas a serem anunciadas, as agências terão que assumir a responsabilidade de organizar filas e o atendimento para evitar aglomerações, mantendo o distanciamento de 2 metros entre clientes. Haverá fiscalização, a partir da próxima semana, de agentes da vigilância sanitária.

Quanto ao comércio, o governador disse que haverá prorrogação das regras em São Luís. No interior, será feito um estudo de casos do Covid-19 em cada município para que sejam estabelecidas regras para evitar o crescimento de casos. Também no sábado, serão anunciadas novas regras para o funcionamento do comércio e atividades profissionais.

O governador anunciou a criação de uma ala com novos leitos no Hospital do Servidor, localizado no fundo do Hospital Carlos Macieira, para atender casos de coronavírus. Ele destacou, ainda, a disponibilização, por parte da Prefeitura de São Luís, de novos 40 leitos no Hospital da Mulher.

Além disso, o governo está aguardando a chegada de mais 180 respiradores que serão instalados em unidades hospitalares na capital e interior.

Pelas redes sociais, o governo está informando sobre as medidas já adotadas  para socorrer o povo maranhense nesta pandemia de coronavírus. Confira.
  • Prorrogação dos vencimentos do IPVA
  • Gratuidade na conta de água
  • Distribuição de cestas básicas
  • Isenção do ICMS sobre álcool em gel
  • Suspensão de imposto para pequenas empresas
  • Garantia no Supremo de não haver cortes no Bolsa Família
  • Apoio financeiro para os artesãos
  • Apoio para o setor de turismo
  • Apoio financeiro para os artistas locais
  • Apoio financeiro para manicures, cabeleleiros e barbeiros
  • Garantia de salário para profissionais da saúde
  • Refeições para moradores de rua
  • Mais de 250 novos leitos
  • Hospitais exclusivos para tratar o coronavírus
  • Novas UTIs móveis
  • Contratação de mais mil profissionais
  • Exames e controles nos aeroportos
  • Distribuição de equipamentos de proteção
  • Fiscalização de preços
  • Refeições nos Restaurantes Populares
  1. Aulas online

Nenhum comentário:

Postar um comentário