sexta-feira, 27 de março de 2020

Urgente: Homem morre após se automedicar com cloroquina

Esposa dele está em estado grave

Uso errado da cloroquina deixou um homem morte e uma mulher em estado grave Foto: Pixabay
Um norte-americano de 60 anos morreu e sua esposa, da mesma idade, foi internada após os dois se automedicarem com cloroquina. Recentemente, a substância foi apontada como uma forma promissora de tratamento da Covid-19.
O casal ficou intoxicado porque ingeriram, na verdade, fosfato de cloroquina. O produto é um aditivo da cloroquina e é usado, entre outras coisas, para limpar aquários e tanques de peixes. O fosfato de cloroquina, além de tóxico, não atua no combate ao novo coronavírus.
– Trinta minutos após a ingestão, o casal apresentou efeitos que exigiam internação – disse um comunicado do hospital em que casal foi internado.
O idoso morreu de parada cardíaca e a mulher permanece em estado grave.
Recentemente, revistas acadêmicas dos EUA, China e França mostraram que a cloroquina e a hidroxicloroquina podem ser aliadas no tratamento da Covid-19. Esta substância já é usada em pessoas que contraíram malária ou que têm doenças reumatológicas, como lúpus e artrite reumatóide.
– Dada a incerteza em torno da Covid-19, entendemos que as pessoas estão tentando encontrar novas maneiras de prevenir ou tratar esse vírus, mas a automedicação não é a maneira de fazê-lo – alertou Daniel Brooks, diretor médico do centro de estudos Banner Poison and Drug Information

Nenhum comentário:

Postar um comentário