terça-feira, 10 de março de 2020

Coronavírus: Maranhão tem oito casos suspeitos, mas não há registro confirmado; seis mulheres e dois homens estão em monitoramento domiciliar
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que não há registro confirmado por Covid-19 no Maranhão, até o momento. Os oito casos suspeitos permanecem em investigação, o que inclui o envio das amostras coletadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN-MA) para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, em Belém (PA). Este processo de validação dos resultados está em curso e o laudo final será divulgado oportunamente.

No Maranhão, a gestão estadual está adotando todas as medidas para garantir assistência especializada nas unidades de saúde. Nesta terça-feira (10), por exemplo, quase 290 profissionais de saúde participaram do seminário de atualização sobre doenças respiratórias e o novo coronavírus, com foco nos procedimentos para diagnóstico laboratorial das doenças respiratória (H1N1 e Covid-19), bem como situação epidemiológica, manejo clínico e fluxo de atendimento. 

Em São Luís, os oito casos suspeitos de doença pelo coronavírus, seis mulheres e os dois homens, permanecem em monitoramento domiciliar. A medida está de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS). 

A SES informa que os casos suspeitos registrados no estado foram notificados ao Ministério da Saúde (MS), a quem cabe a atualização do monitoramento no sistema. Qualquer afirmação antes da conclusão do resultado da análise laboratorial é precipitada.

Perfil dos pacientes suspeitos do Covid-19:
1. Mulher, de 29 anos, procedente da Itália;
2. Mulher, de 19 anos, contactante do caso anterior;
3. Mulher, de 66 anos, procedente da Itália e França;
4. Mulher, de 28 anos, procedente de Portugal e Espanha;
5. Homem, de 35 anos, procedente de Orlando, Miami e Nova Iorque;
6. Homem, de 24 anos, procedente de Portugal;
7. Mulher, de 39 anos, procedente de Portugal;
8. Mulher, de 62 anos, histórico de viagem para França

Com informações do blog do Gilberto Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário