quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Assembleia concede Medalha Manuel Beckman a Jefferson Portela 

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, recebeu a Medalha Manuel Beckman, a maior honraria do poder Legislativo Estadual, em sessão solene realizada na quinta-feira (26), no plenário da Casa. O ato foi presidido pelo deputado Ciro Neto.
Prestigiaram a cerimônia de concessão da comenda representantes de todo o sistema de segurança pública estadual – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Casa da Mulher Brasileira (assistência social e segurança), Pacto Pela Paz e Detran, além de representantes da sociedade civil.
Autor do requerimento da homenagem, o deputado Duarte Jr, abriu a sessão falando sobre a gestão de Jefferson Portela à frente da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que vem registrando queda nos índices de criminalidade em todo o Estado.
“A atuação de alguém que desempenha uma função pública nunca vai ser livre de críticas. E, mesmo incomodando, o nosso homenageado continua avançando à frente da secretaria e garantindo resultados, como a retirada de São Luís do ranking das 50 cidades mais violentas do mundo”, assinalou Duarte, em referência à pesquisa divulgada em 2016 pela ONG mexicana Segurança, Justiça e Paz, na qual a capital maranhense figurava como a 21ª cidade mais violenta.
“Jefferson tem feito história no Maranhão e essa homenagem não é só pela pessoa que ele é, mas também por tudo que tem conquistado em prol da segurança”, completou Duarte, referindo-se à política de fortalecimento da estrutura, dos equipamentos e recursos humanos da segurança pública estadual, como a nomeação de quase 15 mil novos policiais militares, civis e bombeiros; a promoção de cerca de 9 mil policiais em três anos; e a entrega de 1.100 novos carros e motos para as corporações.
Portela dedicou a homenagem à sua família e a todos os profissionais que compõem os órgãos de Segurança Pública. Ele destacou que conta com total apoio do governador Flávio Dino para implementar as ações e projetos de segurança, que, segundo o secretário, visam combater a criminalidade não só em termos de punição.
“A segurança pública e o policiamento não podem mais ser vistos só como braços de repressão. O plano de segurança pública se dá, sobretudo, com cidadania. É com escola, é com moradia saneada, é com bairro iluminado. A polícia não trabalha com as causas da violência e da criminalidade; trabalhamos com as consequências. Por isso é que participamos de todos os projetos sociais para garantir a inserção das pessoas, o apoio social às vidas, para que elas se equilibrem e não se desviem, às vezes até contra sua própria vontade. Nosso sistema de segurança hoje coloca em primeiro lugar o ser humano. Tudo é instrumento, o ser humano, não. Ele é a essência da prestação do serviço público sob a gestão do governador Flávio Dino e da Secretaria de Segurança”, afirmou Jefferson Portela.
Representando Flávio Dino na solenidade, o vice-governador Carlos Brandão disse que a cerimônia é uma justa e merecida homenagem. “Ele melhorou o sistema de segurança em nosso Estado. Tivemos avanços extraordinários. Para isso, houve vários investimentos, de forma que o sistema foi completamente aparelhado em prol dessas melhorias”, informou Brandão.
AVANÇOS
Desde 2015, quando Jefferson Portela foi nomeado por Flávio Dino, o Maranhão, além de ter tirado a capital da lista de 50 cidades mais violentas do mundo, avançou em estatísticas importantes que indicam a eficiência da política estadual de combate e prevenção de crimes, como a queda de 63% no número de homicídios na Grande São Luís em 2018, em comparação com 2014.
Também foram nomeados quase 15 mil novos policiais militares, bombeiros e policiais civis, através do Programa Pacto Pela Paz. Cerca de 9 mil policiais foram promovidos em três anos e foram entregues 1.100 novos veículos (carros e motos), que vêm sendo utilizados ostensivamente no patrulhamento e operações diversas por todo o Estado. O Governo também vem adotando uma política de premiação dos policiais que conseguirem tirar mais armas utilizadas por criminosos de circulação.
Mais estruturas foram inauguradas, como os batalhões da PM no bairro da Liberdade e em São José de Ribamar; duas novas bases do Centro Tático Aéreo, em Imperatriz e Presidente Dutra; oito novos batalhões, 11 colégios militares e 12 delegacias, além do Instituto de Genética Forense e da criação da delegacia móvel de homicídios, superintendência de homicídios, superintendência de narcóticos e superintendência de prevenção e combate à corrupção na polícia civil.
APOIO
Duarte Jr anunciou na sessão solene a destinação de emenda no valor de R$ 110 mil para o Centro de Perícias para a Criança e o Adolescente (CPTCA), órgão ligado à Polícia Civil. “Também já me comprometi em enviar reforços para a proteção da mulher”, completou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário