sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Delegado citou ‘Operação Constelação’ durante depoimento em julho

O delegado Ney Anderson Gaspar antecipou, em depoimento à Comissão de Segurança Pública e Crime Organizado da Câmara dos Deputados no mês de julho, que o vereador Astro de Ogum (PL) já era alvo de investigação.
“Ele [Jefferson Portela, titular da SSP] mandou fazer a interceptação telefônica do vereador”, declarou..
O delegado citou até o nome da “Operação Constelação”, e afirmou que foi Portela quem determinou a inclusão do número do telefone do vereador Astro de Ogum em escutas, acusando-o de envolvimento no crime de pedofilia.
Portela sempre negou as acusações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário